Qual é o segredo de uma startup milionária?

Tempo de leitura: 6 minutos

Como é que uma startup cresce rapidamente e a sua, com anos de mercado, não consegue tal proeza? Eis uma pergunta de ouro que todos dentro do universo do empreendedorismo desejam obter resposta: qual é o segredo de uma startup milionária?

O mundo passa por constantes mudanças todos os dias e uma fórmula utilizada numa startup no ano passado, por exemplo, hoje pode não funcionar mais. Sem dizer que sobreviver num período de crises é tarefa que exige bastante esforço.

Porém, existem algumas noções básicas que podem impulsionar a sua startup. E se você, mesmo num período de crise, ainda aposta em sua iniciativa, só posso dizer que pretende alcançar o sucesso, independente dos obstáculos do caminho!

E agora, olho nas dicas que trazemos aqui, pois fazem parte de muitas startups que atingiram o status de unicórnio ao redor do mundo.

Busque uma aceleradora

No cenário atual, você não pode simplesmente querer investir numa startup sem entender as perspectivas do mercado. E não é bacana arriscar sem qualquer tipo de networking. Agir assim pode fazer com que sua startup demore muito tempo para crescer, sem falar nos custos.

No geral, as aceleradoras realizam um processo de seleção aberto e gratuito, e contam com um time de apoio aos empreendedores. Ações como consultoria, mentoria, treinamento, workshops e networking são bastante comuns, e servem como base para impulsionar as ideias a serem postas em prática pela startup.

Algumas aceleradoras, como a LOGO, também contam com um espaço de trabalho próprio (confira o nosso Espaço Coworking totalmente gratuito) e podem investir capital na startup. AirBnb, Dropbox e Udemy são exemplos de startups milionárias que contaram com aceleradoras e obtiveram êxito no mercado internacional.

Utilize estratégias de Growth Hacking

O Growth Hacking é o termo do momento das startups, e faz muito sucesso no mundo todo. Twitter, LinkedIn e YouTube são startups milionárias que cresceram utilizando suas estratégias, e se você pretende alcançar sucesso, não pode deixá-lo de lado.

É ideal existir um time de Growth, que conta com o “Growth Hacker”, um profissional que utiliza criatividade e métricas, de forma empírica, para encontrar oportunidades e brechas, a fim de acelerar o crescimento da startup.

Por meio dos conhecimentos adquiridos, e com a aliança de experimentação a baixos custos, o time de Growth possibilita trazer produtos de qualidade e com alto retorno no mercado.

Tais estratégias melhoram a notoriedade de sua marca (brand awareness), e fazem com que sua startup tenha um melhor posicionamento em meio aos seus clientes. Caso deseje saber mais sobre estratégias de Growth Hacking capazes de tornar a sua startup milionária, confira nosso artigo completo clicando aqui.

Design Sprint

O Design Sprint é uma metodologia participativa que você pode utilizar na sua startup para melhorar muito rapidamente o seu desempenho ou prototipação de um produto. Pois, ao contrário de encomendar um trabalho para uma consultoria, no Design Sprint as equipes da empresa/produto criam-no juntas.

Portanto, não existe Design Sprint se os integrantes da equipe não têm disponibilidade para participar.

A ideia do Design Sprint é conceituar e tangibilizar uma ideia, um produto, suas implementações e funcionalidades em um espaço curto de tempo, pois são apenas cinco dias de intenso trabalho.

Durante esse período, juntam-se práticas de estratégia de negócios, inovação, ciência do comportamento, design thinking, entre outras.

A ideia é comprimir, em uma única semana, vários meses de discussões e idas e vindas de um determinado projeto. Então, ao final da semana, obtém-se um protótipo já testado e aperfeiçoado pela equipe.

Portanto, o Design Sprint confere às startups o superpoder de construir e testar quase qualquer ideia em apenas 40 horas.

Confira o nosso artigo completo sobre Design Sprint clicando aqui e veja melhor como utilizá-lo em sua startup.

Não tenha medo de novas ideias!

Pode parecer brincadeira, mas muita gente limita as suas ideias e ações, dizendo: “não vamos pensar isso”, “não vamos agir de tal maneira”, “não pense nisso e naquilo”. E quando se trata de startups, limitar o ambiente de trabalho pode ser bem ruim.

Hoje, as startups não podem mais viver o modelo tradicional e burocrático de mercado, em que existe apenas a elaboração de ideias pelo chefe, sem que ninguém questione, argumente ou ainda aprimore. Os ambientes devem investir em criatividade e participação de seus colaboradores.

Como exemplos de startups milionárias que deram certo, e ainda estão entre os melhores para se trabalhar a criatividade, temos o Google e o Facebook. E é importante lembrar que quando falamos em criatividade, você deve lembrar que está num ambiente profissional. Ou seja, assim como nas duas startups mencionadas deve haver foco por parte da equipe para que a dinâmica dê certo. Todos devem ter noção a respeito do que deve ser melhorado, a fim de buscar formas de trazer resultados.

Use a internet a seu favor

Hoje, o mundo está conectado, e caso deseje aumentar a notoriedade de sua marca (brand awareness), não pode deixar de lado as ferramentas de internet. Tenha uma boa imagem nas Redes Sociais, e interaja com o seu público. Responder às duvidas de seus clientes, perguntar os defeitos de seu produto, ou entender as causas de insatisfação são essenciais.

E, por favor, jamais apague postagens, nem brigue ou exponha qualquer pessoa! A repercussão pode ser bastante negativa, e acredite, pode dar muita dor de cabeça no futuro, que talvez seja apenas resolvida com um time de gestão de crises. Isso dá uma dor de cabeça enorme!

Os clientes hoje buscam as marcas por um modelo de marketing de atração (inbound marketing), e ao procurarem um produto, no geral avaliam os comentários de outros usuários. Portanto, saiba como aproximar os seus clientes em potencial, de forma que estejam satisfeitos e possam fortalecer a sua marca no mercado, a fim de crescer para se tornar uma startup milionária.

Dedicação é um dos segredos para uma startup milionária

Acredite, dedicação, metas e paciência também são fatores importantes para conseguir uma startup milionária.  E quando falamos isso, parece brincadeira, mas não é. Cerca de um terço das startups fecham as portas nos primeiros dois anos, por desistirem de suas ideias.

Listados acima, são alguns dos fatores que, se utilizados corretamente, podem fazer com que sua startup alcance um novo patamar e se torne, quem sabe, o próximo unicórnio do mercado. Porém, assim como em todo o universo do empreendedorismo, não existem fórmulas mágicas. É preciso testar, e testar, e testar outra vez.

E você deve ter muito, mas muito trabalho duro.

Conclusão

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe.

Se você tem uma startup e acredita que ela tem potencial para transformar o mercado, visite nosso site e conheça o nosso Programa de Aceleração.

E nos acompanhe também no Facebook e no Instagram para ficar por dentro de nossas novidades.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.